Bragança

Bragança, capital de Trás-os-Montes, deu o seu nome à última e maior dinastia portuguesa. Por cima da cidade nova ergue-se a cidadela medieval, ao abrigo das suas muralhas. A cidadela tem uma atmosfera especial de bairro antigo, com as suas ruelas empedradas, calmas e floridas.

Longe vão os tempos em que Bragança ficava a nove horas de viagem de Lisboa. A construção de boas vias de comunicação aproximou esta cidade nordestina dos grandes centros do litoral.

Bragança é capital do distrito que inclui os seguintes concelhos: Alfândega da Fé, Bragança, Carrazeda de Ansiães, Freixo de Espada a Cinta, Macedo de Cavaleiros, Miranda do Douro, Mirandela, Mogadouro, Torre de Moncorvo, Vila Flor, Vimioso, Vinhais.

 

O artesanato

A tecelagem em teares manuais permite ainda a confecção de mantas, tapetes e colchas ou alforges em burel, lã e linho. Miranda do Douro é famosa pelas suas gaitas de foles, ao som das quais os Pauliteiros executam a sua dança guerreira. São também típicas as croças (capote para a chuva feito de junco), as alfaias em ferro, a latoaria e tanoaria, a cestaria, os trabalhos em linho, lã, seda e palha, os trajes regionais, as colchas, tapetes e rendas, os trabalhos em madeira, ferro forjado, cobre, lata e zinco, os foles, a joalharia, a cerâmica, a albardaria, a carpintaria, a funilaria, as mantas de farrapos, os cobertores de lã de ovelha, entre outros.

 

A visitar

Castelo de Bragança

Ponte Românica ou Ponte Velha sobre o rio Tua – Mirandela

Amendoeiras em flor – Mogadouro / Torre de Moncorvo / Freixo de Espada à Cinta

Parque Natural de Montesinho

Jerusalém do Romeu – Mirandela


Carrinho  

Sem produtos

Portes 0,00 €
Total 0,00 €

Carrinho Encomendar