Portalegre

Estrategicamente localizada num planalto da Serra de São Mamede, a cidade é de origem romana. Os têxteis, as tapeçarias e as sedas deram-lhe prosperidade nos séculos XVI e XVII o que se reflectiu nas mansões renascentistas que se podem ver na cidade velha. Do castelo do século XIII subsistem ainda alguns vestígios como a torre de menagem que oferece boas vistas sobre a cidade.

Portalegre é também uma cidade moderna com marcas deixadas por arquitectos contemporâneos como Pardal Monteiro, Carrilho da Graça e Sequeira Mendes que desenharam alguns dos edifícios da cidade.

Portalegre é capital do distrito que inclui os seguintes concelhos: Alter do Chão, Arronches, Avis, Campo Maior, Castelo de Vide, Crato, Elvas, Fronteira, Gavião, Marvão, Monforte, Nisa, Ponte de Sor, Portalegre, Sousel.

 

O artesanato

As tapeçarias de Portalegre são um cartão-de-visita da cidade. Para além disso mantém-se ainda a tradição da manufactura de objectos em cortiça. A tradição do barro é muito antiga em Nisa, sendo que os trabalhos em barro desta região são totalmente distintos dos restantes do país. Caracteriza-se pela decoração com pedrinhas crivadas. São também característicos no distrito os trabalhos de latoaria, correaria, cerâmica, bordados e rendas, azulejaria, ferro forjado, roncas de barro, trabalhos em seda e a cestaria em madeira de castanho.

 

A visitar

Marvão

Aqueduto da Amoreira – Elvas

Parque Natural da Serra de São Mamede – Portalegre

Castelo de Vide

Capela dos Ossos – Campo Maior


Carrinho  

Sem produtos

Portes 0,00 €
Total 0,00 €

Carrinho Encomendar