Faro

Alegre, cosmopolita e movimentada, a cidade de Faro é a capital do Algarve. Renasceu várias vezes ao longo dos séculos após invasões, incêndios e terramotos.

Vive da exploração do sal proveniente das salinas da ria, da pesca (atum, sardinha), da cortiça, do mármore, das indústrias alimentares (fábricas de conservas, tratamento da alfarroba), do plástico e da construção civil.

Graças ao seu Aeroporto Internacional a cidade é hoje porta de acesso às estâncias balneares do Algarve, frequentadas durante todo o ano. O extenso areal da praia de Faro, situada numa ilha é também um ponto de atracção.

Faro é capital do distrito que inclui os seguintes concelhos: Albufeira, Alcoutim, Aljezur, Castro Marim, Faro, Lagoa, Lagos, Loulé, Monchique, Olhão, Portimão, São Brás de Alportel, Silves, Tavira, Vila do Bispo, Vila Real Santo António.  

 

O artesanato

Como cidade turística que é e, ainda mais numa região em que o turismo é a principal actividade, Faro apresenta bastantes artigos de artesanato onde imperam os barros, a cerâmica e os cestos. Aliás, toda a região algarvia tem uma longa tradição de olaria, existindo ainda muitas em funcionamento. Contudo, são talvez os barros de Porches os mais conhecidos. Por todo o distrito podemos ainda encontrar peças de tecelagem, couros, rendas, tecidos pintados, tijolos, telhas e ladrilhos artesanais, bonecos de juta (simbolizando personagens típicas da Serra do Caldeirão como a bordadeira, a fiadeira e a ceifeira), rendas de bilros, tapetes de esparto, capachos, artefactos em madeira, trapologia, tapeçarias, bonecas de lã, ferro forjado, peças em conchas, latoaria, peças em cobre e trabalhos em folha de palma.

 

A visitar

Vila Real de Santo António

Praia do Barril – Ilha de Tavira

Castelo de Silves

Sagres e Fortaleza de Sagres

Caldas de Monchique




Carrinho  

Sem produtos

Portes 0,00 €
Total 0,00 €

Carrinho Encomendar