Galo do Fado Pequeno - Prateado


4,90 €

Galo do Fado em cerâmica pintado à mão com decoração em prateado e vermelho dedicado ao Fado, Património Imaterial da Humanidade desde 2011. Esta peça incontornável da olaria tradicional e do artesanato português não pode faltar em casa como peça decorativa ou como símbolo nacional. 

O típico galo, transformado em símbolo do turismo português, nasceu nos anos trinta em Galegos Santa Maria das mãos do oleiro Domingos Côto.

Tamanho: 15 cm altura

Fado
O Fado é a canção portuguesa por excelência e é ainda cantado nos bairros típicos e em ambientes estudantis. A sua origem está longe de reunir consenso pelo que se continua a atribuir ao Fado um passado longínquo e uma história romântica.
Terá sido por volta dos anos 20 que o fado recebeu a configuração de género musical tal como o conhecemos hoje. Na década de 30 surgem as casas vocacionadas para o fado, que ainda hoje continuam em força no Bairro Alto e Alfama. Em Coimbra ele é acompanhado pela guitarra de Coimbra e cantado pelos estudantes em serenatas ou em reuniões onde invocam os seus sonhos, ideologias, aventuras e amores. Embora tenha surgido ao mesmo tempo que o de Lisboa, os fadistas dizem que de comum têm muito pouco ou nada. Enquanto o fado de Coimbra fala de amores, de sonhos e de utopias, o de Lisboa fala de tristezas e de saudade.
Em 2011 o Fado foi elevado à categoria de Património Oral e Imaterial da Humanidade pela UNESCO fruto de uma candidatura exemplar que teve Mariza e Carlos do Carmo como embaixadores.



21 outros produtos da mesma categoria:

Carrinho  

Sem produtos

Portes 0,00 €
Total 0,00 €

Carrinho Encomendar